Salário do Recenseador do IBGE em 2024

Salario Recenseador Ibge 2024

O salário dos recenseadores do IBGE é um tema de interesse para muitas pessoas que desejam ingressar nessa carreira. Com base nas informações disponíveis, este artigo irá abordar o salário previsto para os recenseadores do IBGE em 2024. É importante ressaltar que essas informações são apenas estimativas e podem estar sujeitas a alterações ao longo do tempo.

Contents

Quais as vantagens de trabalhar no IBGE?

Benefícios oferecidos pela empresa incluem Vale-Transporte/Fretado, Jornada flexível, Vale-Alimentação, Vale-Refeição, Automóvel da empresa, Telefone da empresa, Home office e Refeitório. Esses benefícios são avaliados positivamente pelos funcionários com classificações de 3,6 a 4,5 estrelas.

Salário do Agente do IBGE em 2023

Para se candidatar às posições de Agente de Pesquisas e Mapeamento e Supervisor de Coleta e Qualidade, é necessário ter concluído o ensino médio. O salário mensal para o cargo de Agente de Pesquisas e Mapeamento é R$1.387,50, enquanto que para o cargo de Supervisor de Coleta e Qualidade é R$3.100,00.

Salário de um técnico do IBGE em 2024

Gostaria de saber qual é o salário de um Técnico na empresa IBGE? A média salarial estimada para esse cargo na empresa IBGE é de R$ 6.022 por mês, variando entre R$ 2.338 e R$ 8.000 mensais.

Salário de um agente de pesquisa do IBGE em 2024

No Brasil, a remuneração variável para o cargo de Agente de Pesquisa e Mapeamento é em média R$ 5.632. No entanto, esse valor pode variar entre R$ 4.536 e R$ 7.864, dependendo da empresa e do nível de experiência do profissional. Essas informações são baseadas em dados confidenciais fornecidos por 209 pessoas que ocupam essa posição no país, conforme relatado ao Glassdoor.

Salário de um Técnico em Informações Geográficas e Estatísticas no Concurso do IBGE

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) disponibiliza aos seus funcionários diversos benefícios, como auxílio-alimentação no valor de R$ 658,00, vale-transporte e auxílio pré-escolar.

Cargos do IBGE em 2024: Quais são?

Abaixo estão algumas das posições disponíveis para o censo de 2023:

– Codificador Censitário (agosto de 2023)

– Supervisor de Pesquisas por Telefone (julho de 2023)

– Agente de Pesquisas por Telefone (junho de 2023)

– Agente Censitário de Pesquisas e Mapeamento (maio de 2023)

– Supervisor de Coleta e Qualidade (abril de 2023)

– Agente de Pesquisas e Mapeamento (março de 2023)

Quantas horas são trabalhadas por um técnico do IBGE?

O profissional do IBGE cumpre uma carga horária de trabalho de 40 horas por semana.

Atividades desempenhadas por um agente de pesquisa do IBGE

1.5 – O cargo de Pesquisador em Informações Geográficas e Estatísticas tem como principal responsabilidade realizar atividades especializadas relacionadas ao ensino e pesquisa científica, tecnológica e metodológica nas áreas estatística, geográfica, cartográfica, geodésica e ambiental, conforme definido no artigo correspondente.

O que um técnico do IBGE faz?

Em outras palavras, essas atividades têm como objetivo fornecer suporte e assistência técnica especializada para as diferentes áreas de ensino, pesquisa e produção de dados estatísticos, geográficos, cartográficos, geodésicos e ambientais.

You might be interested:  Pensão alimentícia aos 18 ou 21 anos

Pontuação mínima para aprovação no concurso do IBGE

A fim de ser aprovado, o candidato deve alcançar uma pontuação mínima de 18 pontos no conjunto da prova e obter pelo menos um ponto em cada disciplina. Os indivíduos que forem aprovados para o cargo de agente serão contratados por um período inicial de um ano, com possibilidade de prorrogação por até três anos.

Qual é o salário real?

O salário efetivo, para fins de comparação com o salário do cargo de confiança, refere-se à remuneração recebida pelo empregado antes de assumir a posição gerencial. Caso o indivíduo não tenha sido um funcionário anteriormente, é considerado o valor pago aos trabalhadores que estavam subordinados a ele.

Plano de saúde é oferecido aos funcionários do IBGE?

Os candidatos aprovados receberão benefícios essenciais, como plano de saúde, auxílio-creche, auxílio pré-escolar e auxílio-transporte. Além disso, poderão receber um adicional de insalubridade ou periculosidade quando aplicável. As remunerações oferecidas variam entre R$ 3.471,85 e R$ 7.373,49 para uma carga horária semanal de 40 horas.

Valor salarial do Recenseador

Na minha opinião, essa estimativa de salário parece razoável para a função de Recenseador. Considerando as responsabilidades e tarefas desempenhadas nesse trabalho, esse intervalo salarial pode ser considerado adequado.

É importante lembrar que o valor exato do salário pode variar dependendo da região do país e das condições específicas de cada contrato ou projeto realizado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). No entanto, a faixa indicada dá uma ideia geral sobre o quanto um recenseador pode esperar ganhar mensalmente.

Requisitos para o concurso do IBGE em 2024

Os requisitos de escolaridade para os cargos disponíveis são os seguintes: Agente Censitário de Pesquisa e Mapeamento – Ensino Médio completo; Supervisor de Coleta e Qualidade – Ensino Médio completo e CNH definitiva ou provisória, categoria B, dentro do prazo de validade; Agente de Pesquisas e Mapeamento – Ensino Médio Completo.

Valor pago pelo IBGE por pessoa

Para se tornar um recenseador no IBGE em 2024, é importante saber que existem dois valores diferentes para os salários: R$1.700 e R$2.100, dependendo do local onde você irá trabalhar como recenseador.

Além disso, é necessário realizar uma inscrição pagando uma taxa no valor de R$60,50 até o dia 25 de janeiro deste ano.

A prova para essa posição será realizada também em março, mais especificamente no dia 27 à tarde.

As inscrições estão disponíveis online através do site da Fundação Getúlio Vargas (FGV), onde você pode encontrar todas as informações necessárias sobre o processo seletivo e preencher seu cadastro para participar dessa oportunidade oferecida pelo IBGE.

Requisitos para participar do concurso do IBGE em 2024

Para participar do Concurso Público, é necessário atender aos critérios estabelecidos no edital, como ser aprovado na seleção e possuir nacionalidade brasileira. No entanto, caso o candidato seja de nacionalidade portuguesa, ele deve estar amparado pelo Estatuto de Igualdade entre brasileiros e portugueses.

Valor do Auxílio-alimentação no IBGE

Além disso, o IBGE disponibiliza aos seus funcionários uma série de benefícios. Entre eles estão:

– Auxílio-alimentação no valor de R$ 658,00;

– Vale-transporte;

– Auxílio pré-escolar.

Esses benefícios visam proporcionar melhores condições de trabalho e qualidade de vida para os colaboradores do IBGE.

Salário do Agente de Pesquisa: Descubra quanto ganha!

O salário inicial para o cargo de Agente de Pesquisa é de R$ 1.139,00, podendo chegar a um máximo de R$ 2.040,00. Em média, os Agentes de Pesquisa no Brasil recebem cerca de R$ 1.551,00 mensais.

Salário de um servidor efetivo do IBGE

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) está realizando um concurso chamado Concurso Nacional Unificado, que oferece 895 vagas efetivas para pessoas com níveis médio e superior de escolaridade. Isso significa que tanto quem concluiu o ensino médio quanto quem possui uma formação universitária podem participar do processo seletivo.

Os salários oferecidos variam entre R$ 3.741,82 e R$ 9.373,19. Ou seja, dependendo da vaga em questão e do nível de escolaridade exigido, os aprovados poderão receber remunerações dentro dessa faixa salarial.

Para participar do concurso, é necessário realizar a inscrição até o dia 16 de fevereiro. Porém, é importante lembrar que também é preciso pagar uma taxa de inscrição para confirmar sua participação no processo seletivo.

Como se tornar um recenseador do IBGE em 2024?

Para se tornar um agente de pesquisas eficiente, é fundamental possuir habilidades de comunicação sólidas, uma visão analítica apurada e a capacidade avançada de interpretar recursos estatísticos. Essas competências são essenciais para transformar dados em informações relevantes.

You might be interested:  Os benefícios da canela para os homens

Como reconhecer um recenseador do IBGE?

Os profissionais estarão vestidos com uniforme, usando colete e boné. No colete de cada um deles estará presente o número 0800 721 8181. Caso algum morador não se sinta seguro com a abordagem, poderá ligar para esse número e confirmar se a pessoa é realmente um recenseador do IBGE.

Idade mínima para participar do concurso do IBGE em 2024

As restrições à contratação de aposentados, conforme estabelecido no artigo 37, §10 da Constituição Federal de 1988, também são aplicadas. Além disso, é necessário atender aos seguintes critérios: não ter sido contratado nos últimos dois anos para serviço temporário com base na Lei nº 8.745 e suas alterações subsequentes; ter pelo menos 18 anos de idade; possuir aptidão…

Concurso IBGE efetivo 2023: Confira as informações!

As vagas permanentes serão ocupadas por meio do Concurso Nacional Unificado para cargos de Analista de Planejamento, Gestão e Infraestrutura em Informações Geográficas e Estatísticas – nível superior (275 vagas) e Tecnologista em Informações Geográficas e Estatísticas – nível superior (312 vagas).

Salário do Técnico em Informações Geográficas e Estatísticas – 2024

Na empresa IBGE, a faixa salarial estimada para o cargo de Técnico Em Informações Geográficas E Estatísticas varia entre R$ 5 mil e R$ 6 mil mensais. Essa remuneração engloba tanto o salário base quanto a parte variável. O valor médio do salário base para esse cargo na empresa é de R$ 6 mil por mês.

Data da Prova IBGE 2023: Quando será realizada?

2º – Avaliação Online: Exclusivamente através da internet, no período de 08/05/2023 a 23/05/2023 até às 12h (horário de Brasília), incluindo fins de semana e feriados.

Nomenclatura dos colaboradores do IBGE

A equipe de analistas censitários iniciou suas atividades em março de 2009, enquanto os agentes censitários começaram a trabalhar em fevereiro de 2010. Já os recenseadores estão programados para iniciar seu trabalho em julho de 2010.

Profissão dos funcionários do IBGE

O concurso público com o edital 10/2021 está oferecendo um total de 183.021 vagas para a função de Recenseador, que será responsável pela execução do Censo Demográfico em 2022. Para se candidatar, é necessário ter concluído o ensino fundamental.

Pontuação mínima para aprovação na prova do IBGE 2023

A pontuação necessária para ser aprovado na prova objetiva do concurso IBGE varia de 0 a 60 pontos. Para passar, o candidato deve obter pelo menos 30% da pontuação total e acertar pelo menos uma questão em cada disciplina.

Benefícios de trabalhar no IBGE

Além disso, o IBGE também oferece outros benefícios importantes para seus colaboradores. Um exemplo é o auxílio saúde no valor de R$ 100,00, que contribui para cobrir parte das despesas com consultas médicas e medicamentos. Esse apoio financeiro pode ser fundamental para garantir a saúde e o bem-estar dos recenseadores.

Outro benefício relevante é o valor destinado à alimentação, que chega a R$ 658,00. Esse montante permite que os profissionais tenham acesso a refeições adequadas durante suas atividades externas ou mesmo quando estão trabalhando em regime home office. Uma boa alimentação é fundamental não apenas para manter a energia necessária durante as tarefas diárias, mas também para promover um estilo de vida saudável.

É importante ressaltar ainda que existe uma contribuição dobrada ao FUNPRESP (Fundo de Previdência Complementar do Servidor Público Federal) por parte dos recenseadores do IBGE. Essa medida visa proporcionar uma maior segurança financeira no futuro desses profissionais através da previdência complementar.

P.S.: É válido destacar que esses benefícios podem variar ao longo do tempo, de acordo com as políticas internas da instituição. Portanto, é sempre importante consultar informações atualizadas sobre os benefícios oferecidos pelo IBGE aos seus recenseadores.

Funcionários do IBGE têm plano de saúde?

Além do salário, os aprovados no concurso IBGE têm acesso a uma série de benefícios que contribuem para uma boa qualidade de vida. Esses benefícios incluem:

1. Plano de saúde: Os recenseadores contam com um plano de saúde que oferece cobertura médica e hospitalar, garantindo assistência em caso de necessidade.

2. Plano odontológico: O IBGE também disponibiliza aos seus funcionários um plano odontológico, assegurando cuidados dentários essenciais.

3. Auxílio-alimentação: Para auxiliar nas despesas com alimentação, os recenseadores recebem um auxílio-alimentação mensalmente.

4. Vale-transporte: O vale-transporte é fornecido aos funcionários para ajudar nos custos relacionados ao deslocamento até o local de trabalho.

5. Auxílio pré-escolar: Aqueles que possuem filhos em idade pré-escolar podem contar com um auxílio financeiro destinado à educação das crianças nessa faixa etária.

6. Licença-maternidade/paternidade remunerada: As mães e pais recenseadores têm direito a licença remunerada durante o período da maternidade ou paternidade, permitindo-lhes dedicarem-se integralmente ao cuidado dos filhos recém-nascidos ou adotivos.

You might be interested:  Riscos do uso de enzimas na aplicação

7. Seguro de vida em grupo: O seguro de vida em grupo garante proteção financeira aos beneficiários designados pelos funcionários do IBGE em caso de falecimento por qualquer causa.

8. Programa de capacitação profissional: O Instituto oferece programas internos voltados para o desenvolvimento profissional dos seus colaboradores, proporcionando oportunidades de aprendizado e crescimento na carreira.

9. Plano de previdência complementar: Os recenseadores têm a opção de aderir ao plano de previdência complementar oferecido pelo IBGE, visando garantir uma renda futura após a aposentadoria.

10. Programas sociais: O Instituto também promove programas sociais voltados para o bem-estar dos seus funcionários, como atividades esportivas, grupos de apoio e eventos culturais.

Esses benefícios adicionais fornecidos pelo IBGE contribuem para atrair profissionais qualificados e proporcionam melhores condições de trabalho aos recenseadores, resultando em um ambiente mais favorável à realização das pesquisas censitárias.

Concurso do IBGE em 2024: Confirmado?

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) está com inscrições abertas até o dia 9 de fevereiro para o Concurso Nacional Unificado, que oferece vagas de nível médio e superior em 7 dos 8 blocos temáticos. O edital do concurso IBGE 2024 foi finalmente divulgado, trazendo oportunidades para diversas áreas. Confira abaixo a lista das vagas disponíveis:

1. Recenseador: cargo de nível médio responsável por coletar dados estatísticos em pesquisas domiciliares.

2. Agente Censitário Municipal (ACM): cargo de nível médio responsável pela coordenação das atividades da equipe de recenseadores.

3. Agente Censitário Supervisor (ACS): cargo de nível médio responsável pelo acompanhamento e supervisão das equipes no campo.

4. Analista Censitário: cargos de nível superior nas áreas específicas do concurso, como Ciências Sociais, Economia, Engenharia Civil, entre outras.

5. Supervisor Técnico: cargo de nível superior responsável pela supervisão técnica dos trabalhos realizados pelos recenseadores.

Essa é apenas uma breve descrição das principais vagas oferecidas pelo IBGE no concurso nacional unificado para o ano de 2024. É importante ressaltar que cada vaga possui requisitos específicos e remuneração adequada ao grau exigido.

Se você deseja participar desse processo seletivo tão importante para a produção estatística brasileira, não deixe passar essa oportunidade! Acesse o site oficial do IBGE e faça sua inscrição dentro do prazo estabelecido. Prepare-se para os desafios e boa sorte!

Cálculo do IBGE: Como é feito?

Como é calculado o salário do recenseador do IBGE em 2024? O salário dos recenseadores do IBGE é determinado com base na quantidade de domicílios visitados e questionários aplicados durante a realização dos censos demográficos.

O trabalho de um recenseador consiste em coletar informações sobre as características socioeconômicas da população, como renda, escolaridade, ocupação, entre outros dados relevantes. Essas informações são fundamentais para a elaboração de políticas públicas e tomada de decisões governamentais.

Para calcular o salário do recenseador, o IBGE utiliza uma fórmula que leva em consideração a produtividade individual e os valores estabelecidos por cada região. Além disso, há também um valor fixo pago por cada questionário aplicado corretamente.

A remuneração pode variar conforme a demanda de trabalho e o desempenho individual do recenseador. É importante ressaltar que esse tipo de contrato geralmente é temporário e possui duração específica para cada censo realizado pelo IBGE.

É fundamental estar atento aos editais divulgados pelo instituto para obter todas as informações atualizadas sobre os requisitos necessários para se candidatar ao cargo de recenseador no ano de 2024.

Em suma, o salário do recenseador do IBGE em 2024 será calculado levando-se em conta diversos fatores como produtividade individual, valores regionais estabelecidos pelo instituto e quantidade de questionários aplicados corretamente durante os censos demográficos.

Salário de um Supervisor do Censo

O cargo de Supervisor no IBGE é uma posição que requer ensino médio completo e oferece uma remuneração atrativa. Com um salário de R$ 3.100,00 por mês, o profissional desempenha suas atividades em uma jornada de trabalho de 40 horas semanais. Essa função exige habilidades organizacionais e capacidade para liderar equipes, garantindo a eficiência na coleta dos dados.

Por outro lado, o cargo de Agente também exige ensino médio completo como requisito mínimo. Os Agentes são responsáveis pela execução das tarefas relacionadas ao censo demográfico do IBGE. Com um salário mensal de R$ 1.387,50 e carga horária semanal igualmente estabelecida em 40 horas, esses profissionais têm a importante missão de visitar domicílios e realizar entrevistas com os moradores.

P.S.: É importante ressaltar que as informações sobre os salários mencionados referem-se à previsão para o ano de 2024 e podem estar sujeitas a alterações conforme decisões internas do IBGE ou mudanças nas políticas governamentais vigentes.